Como a péssima aluna que sempre fui, me perguntei em vários momentos da vida se algum dia eu seria leitora de alguma coisa. Via as pessoas lendo livros  do tipo "Cinquenta tons de cinza" ou a saga "Crepúsculo", e tinha muita dificuldade para entender o interesse delas naquilo. Eu sempre soube que um dia eu teria interesse por alguma coisa o suficiente para ler sobre.

 

Como mulher, nunca fui incentivada a buscar conhecimento sobre nada, muito menos sobre a minha opressão. Afastada de tudo o que é relevante nesse mundo, fui criada para ser modelo - uma palavra irônica. Tudo o que vivi foi em função da minha aparência, mesmo quando trabalhava como estrategista de planejamento nas melhores agências de publicidade do país. Eu não conhecia nada sobre mim, ou sobre a vida, que fosse além do que qualquer pessoa era capaz de saber.

Encontrar a literatura feminista foi a coisa mais importante que aconteceu na minha vida. Desde que comecei a estudar teoria feminista, encontrei respostas para absolutamente todo questionamento que já me fiz. Quando obtive conhecimento sobre o meu lugar no mundo, aprendi a me defender com as palavras. Aprendi a saber dizer a coisa certa, na hora certa e nunca mais levar um desaforo para casa. Aprendi a identificar cada situação de opressão na minha vida e na de todas as mulheres, coisas que antes eu achava que eram normais, ou ao menos o que se deve esperar quando se é mulher.

 

A LIVRARISTA é um convite para que você conheça esse caminho que eu trilhei, para que você vivencie essa mesma experiência de consciência, dor e libertação através dos livros! Espero que sua viagem seja incrível :)

 

@feminisa (1).png

Contato

  • Facebook - Black Circle
  • Ícone do Instagram Preto

CNPJ: 26.366.703/0001-21

LIVRARISTA | Livraria Feminista